Taciana Valença

TACI EM VERSOS E PEDAÇOS.

Meu Diário
29/08/2009 12h33
## VENTO DA MUDANÇA ##

Uma música que  sempre  me  tocou muito... melodia,  letra, ventos...

Wind Of Change
Vento da Mudança
I follow the Moskva Eu sigo o Moskva
Down to Gorky Park Até o Parque Gorki
Listening to the wind of change Escuto o vento da mudança
An August summer night Uma noite de agosto
Soldiers passing by Soldados caminhando
Listening to the wind of change Escuto o vento da mudança
The world is closing in O mundo está próximo
Did you ever think? Você já imaginou
That we could be so close, like brothers Que podemos ser parentes,irmãos?
The future's in the air O futuro está no ar
I can feel it everywhere Posso senti-lo aqui
Blowing with the wind of change Soprando com o vento da mudança
[Chorus:] Leve-me à magia do momento
Take me to the magic of the moment Numa noite de glória
On a glory night Onde as crianças compartilham os seus sonhos
Where the children of tomorrow dream away Com o vento da mudança
In the wind of change
Walking down the street Caminhando pela rua
Distant memories Recordações distantes
Are buried in the past forever Enterradas no passado, para sempre
Eu sigo o Moskva
Até o Parque Gorki
Escuto o vento da mudança
I follow the Moskva Leve-me à magia do momento
Down to Gorky Park Numa noite de glória
Listening to the wind of change Onde as crianças compartilham os seus sonhos
Com você e comigo
com a mudança
Take me to the magic of the moment O vento da mudança
On a glory night Na face do tempo
Where the children of tomorrow share their dreams Como uma tempestade que tocará
With you and me O sino de liberdade para a paz de mente
A balalaica quer cantar
O que a guitarra quer falar
Take me to the magic of the moment Leve-me à magia do momento
On a glory night Numa noite de glória
Where the children of tomorrow dream away Onde as crianças compartilham os seus sonhos
In the wind of change Com a mudança
Com a mudança
The wind of change blows straight
Into the face of time
Like a stormwind that will ring
The freedom bell for peace of mind
Let your balalaika sing
What my guitar wants to say
Take me to the magic of the moment
On a glory night
Where the children of tomorrow share their dreams
With you and me
Take me to the magic of the moment
On a glory night
Where the children of tomorrow dream away
In the wind of change

 (SCORPIONS)

Para ouvir:

http://www.youtube.com/watch?v=taVW8Kv2HcQ


Publicado por TACIANA VALENÇA em 29/08/2009 às 12h33
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
25/08/2009 10h51
BORBOLETAS

Fui praticamente forçada a gostar dessa música e de Victor e Leo.

Borboletas
Composição: Victor Chaves
Percebo que o tempo já não passa
Você diz que não tem graça amar assim
Foi tudo tão bonito, mas voou pro infinito
Parecido com borboletas de um jardim
Agora você volta
E balança o que eu sentia por outro alguém
Dividido entre dois mundos
Sei que estou amando, mas ainda não sei quem
[refrão]
Não sei dizer o que mudou
Mas, nada está igual
Numa noite estranha a gente se estranha e fica mal
Você tenta provar que tudo em nós morreu
Borboletas sempre voltam
E o seu jardim sou eu
Percebo que o tempo já não passa
Você diz que não tem graça amar assim
Foi tudo tão bonito, mas voou pro infinito
Parecido com borboletas de um jardim
Agora você volta
E balança o que eu sentia por outro alguém
Dividido entre dois mundos,
Sei que estou amando, mas ainda não sei quem
[refrão]
Não sei dizer o que mudou
Mas, nada está igual
Numa noite estranha a gente se estranha e fica mal
Você tenta provar que tudo em nós morreu
Borboletas sempre voltam
E o seu jardim sou eu
[refrão]
Não sei dizer o que mudou
Mas nada está igual
Numa noite estranha a gente se estranha e fica mal
Você tenta provar que tudo em nós morreu
Borboletas sempre voltam
E o seu jardim sou eu
Sempre voltam
E o seu jardim sou eu


Para Ouvir:

http://www.youtube.com/watch?v=b_tvtvtUXII&feature=channel

Publicado por TACIANA VALENÇA em 25/08/2009 às 10h51
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
24/08/2009 23h33
MORANGO DO NORDESTE
Não é  bem o   estilo de  música que curto, mas adoro essa música.

LETRA:


Estava tão tristonho quando ela apareceu
Seus olhos, que fascínam logo estremeceu
Os meus amigos falam que eu sou demais
mas é somente ela que me satisfaz
É somente ela que me satisfaz
é somente ela que me satisfaz
Você só colheu o que você plantou
Por isso é que eles falam que eu sou sonhador
Me diz o que ela significa pra mim
se ela é um morango aqui do nordeste
Tú sabes, não existe sou cabra da peste
apesar de colher as batatas da terra
com essa mulher eu vou até pra guerra
 AAAAAAAIIII, é amoooor
(na voz de Frank Aguiar)

Publicado por TACIANA VALENÇA em 24/08/2009 às 23h33
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
19/07/2009 01h45
ZÉ LEZIN

Vale à pena rir um pouco.

Clique no link:

http://www.youtube.com/watch?v=7po06xW-4KQ&feature=related



Publicado por TACIANA VALENÇA em 19/07/2009 às 01h45
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
02/07/2009 23h09
## TELEGRAMA ##

 

Telegrama.
Zeca Baleiro

Composição: Zeca Baleiro

eu tava triste tristinho
mais sem graça que a top model magrela
na passarela
eu tava só sozinho
mais solitário que um paulistano
que um canastrão na hora que cai o pano
(que um vilão de filme mexicano)
tava mais bobo que banda de rock
que um palhaço do circo vostok

mas ontem eu recebi um telegrama
era você de aracaju ou do alabama
dizendo nego sinta-se feliz
porque no mundo tem alguém que diz:
que muito te ama que tanto te ama
que muito muito te ama que tanto te ama

por isso hoje eu acordei
com uma vontade danada
de mandar flores ao delegado 2x
de bater na porta do vizinho
e desejar bom dia
de beijar o português da padaria

mama oh mama oh mama
quero ser seu
quero ser seu 2x
quero ser seu
quero ser seu papa

Eu tava triste tristinho
mais sem graça que a top model magrela
na passarela
eu tava só sozinho
mais solitário que um paulistano
que um vilão de filme mexicano
tava mais bobo que banda de rock
que um palhaço do circo vostok

mas ontem eu recebi um telegrama
era você de aracaju ou do alabama
dizendo nego sinta-se feliz
porque no mundo tem alguém que diz:
que muito te ama que tanto te ama
que muito te ama que tanto tanto te ama

por isso hoje eu acordei
com uma vontade danada
de mandar flores ao delegado 2x
de bater na porta do vizinho
e desejar bom dia
de beijar o português da padaria

mama oh mama oh mama
quero ser seu
quero ser seu 2x
quero ser seu
quero ser seu papa

Para Ouvir:

http://www.youtube.com/watch?v=PFbM5OsSye4&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=33godbdFB2w


Publicado por TACIANA VALENÇA em 02/07/2009 às 23h09
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 1 de 9 1 2 3 4 5 6 7 8 9 [próxima»]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras